Quem sou eu

Minha foto
Um cidadão comum com os seus sonhos e suas frustrações como todo mundo,que ama o que faz,gosta do bate papo com os amigos das horas de leitura:- que vão do romance a história, e porque não, passam pelas pajadas de Jayme Caetano Braun, a poesia xucra de Aparício Silva Rilo, e a melodia do verso de Luis Coronel.Um piazito nacido e criado no pampa,mas que conserva a esperança,de que um dia a nossa sociedade consiga banir corruptos e corruptores e um dia, ao chegarmos em qualquer pais do mundo,possamos dizer: sou Brasileiro com muito orgulho.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Falando do Brasil (2)

Ao acessar as mídias escritas, as grandes revistas com conteúdos políticos e sociais deste país não há brasileiro que não se sinta indignado com a corrupção escancarada em todos os níveis da administração, que corroí a economia, trava o desenvolvimento, e submete a sociedade ao sacrifício de uma carga tributária que é das maiores do mundo, leva empresas a falência, gera desemprego e miséria.
Na semana passada. Uma revista semanal de grande prestígio e circulação nacional publicou, em sua chamada de capa com o título “10 MOTIVOS PARA SE INDIGNAR.” uma série de reportagens de causar indignação a qualquer brasileiro que não seja um corruptor ou faça da corrupção o seu modo de vida. Qualquer brasileiro por mais hu-milde que seja, por mais modesta que seja sua contribuição para o desenvolvimento deste País, não resiste ao desejo de gritar para que o mundo ouça: Basta! Este não é o país que queremos, não é o país que desejamos legar para os nossos filhos, para as gerações futuras.

Veja e opine se não é motivo pára indignação: 85 bilhões de reais surrupiados pelos corruptos brasileiros no último ano. 720 bilhões nos últimos 10 anos. Imagine o que teria sido possível fazer pela sociedade com esta montanha de dinheiro, segundo levan-tamento dos jornalistas que fizeram a reportagem:
• Erradicar a miséria
• Custear 17. Milhões de secções de quimioterapia
• Custear 37 milhões de diárias em UTI dos melhores hospitais com tecnologia.
• Construir 241 quilômetros de metro
• Construir 36.000 km de rodovias
• Construir 1,5 milhões de casas
• Reduzir, em 1,2 pontos porcentual a taxa de juro.
• Dar a cada brasileiro um premio de 443 reais
• Custear 2 milhões de bolsas de mestrado.
• Comprar 18 milhões de bolsas de luxo (iguais àquelas que os corruptos presen-teiam as suas mulheres e amantes).
A reportagem inicia com o artigo A VINGANÇA CONTRA OS COUPTOS dos jornalis-tas: Otávio Cabral e Laura Diniz, que trás ao conhecimento do povo brasileiro a rela-ção dos ministérios campeões de irregularidades:
Saúde:................................................2,2 Bilhões
Integração Nacional.........................1,1 Bilhões
Educação.....................................700 Milhões
Fazenda...................................617 Milhões
Trabalho e Emprego,,..........575, Milhões
Planejamento...................440. Milhões
Meio Ambiente............260. Milhões
Cultura,...................184. Milhões
Ciência e Tecnologia..................130. Milhões
Previdência............................120. Milhões


Os articulistas, só analisaram os desvios a nível Federal, e só os ministérios onde os desvios são maiores. Os desvios são tão alarmantes, que aqueles ministérios que não atingiram valores revelados e na casa dos 100. Milhões de reais, não foram sequer mencionados.
Não foram contabilizados os desvios em nível de Estados e Municípios, Empresas estatais, Senado, Câmara dos Deputados, Assembléias Legislativas, Câmaras de Vereado-res, Judiciário.
As jornalistas Paula Lopes e Farina Nistal, dão prosseguimento à reportagem anterior analisando de forma imparcial o assunto corrupção e a indignação da sociedade que é exposta todos os dias através da denuncia da imprensa a esta vergonhosa prática em toos os níveis de governo, e que a cada denuncia provoca um surto de indignação nos homens de bem, mas a cada denúncia a indignação e a atenção das pessoas de bem para um novo alvo, e o escândalo de ontem para felicidade dos corruptores ou cai no esquecimento ou entra naquela fase de apuração de responsabilidades, que acaba, quando isso acontece, mediante o exercício do corporativismo, mandando para a ca-deia o “laranja” enquanto o grande corrupto àquele que ficou com o dinheiro, inocen-tado ou não, se elegeu: Senador, Deputado que o blinda até que os seus crimes pres-crevam. Quando será que a nossa sociedade vai se mobilizar e exercer pressão sobre as autoridades destes Pais, para fazer valer o direito, de ver punido e afastado, definiti-vamente, da administração pública os gangsteres, felizmente uma minoria, mas que saqueiam o erário em níveis assombrosos, o que torna impossível para o Governo a-tender as necessidades sociais mais prementes, como saúde, educação, segurança, re-dução de juros, redução de impostos, oportunizando o crescimento da economia, a ge-ração de empregos.
Vamos manter a esperança de que a pressão popular liderada pela nossa juventude e pelo povo oprimido, leve os nossos legisladores, ainda que seja apenas para preservar os seus mandatos, promovam a reformarem o nosso código penal. Enquanto isso vamos continuar nos perguntando: porque quem rouba uma galinha pode ser condenado até a 4 anos de cárcere; ao passo que quem for condenado por corrupção pode ser condena-do a 3 anos prisão?
É a legitima lei feita por corruptos, em causa própria, para blindar a corrupção.
Hoje é 15 de novembro, dia da República. Só nos resta, enquanto esperamos pedir a Deus, que o clamor público, intimide corruptos e corruptores, ilumine os homens de bem desse Pais, entre os quais, certamente, muitos Senadores e Deputados; a nossa Presidente, com sua personalidade forjada na luta, na defesa de um ideal de democracia com liberdade e justiça.

Um comentário:

  1. Campanha siga e seja seguido...

    Seguindo!

    http://atalaia2011.blogspot.com/

    ResponderExcluir